23°
Máx
12°
Min

Preso acusado de tentar matar policial em Londrina

(Sandoval Peron/Rede Massa) - Preso acusado de  tentar matar policial em Londrina
(Sandoval Peron/Rede Massa)

A Polícia Civil apresentou, no início da noite de quinta-feira (3) um jovem acusado de tentar assassinar um soldado da 4ª Companhia Independente da Polícia Militar que saía de uma farmácia na avenida Saul Elkind, zona norte de Londrina, em 26 de janeiro.


 Marcos Vinicius Galindo, conhecido por “bebezão”, foi identificado nas imagens de câmeras de segurança do local, que mostram dois homens descendo de um carro em frente à farmácia e atirando diversas vezes contra o policial, que foi atingido por três disparos. O soldado foi socorrido e encaminhado para o Hospital Universitário com ferimentos nos braços e nas costas. Ele se recupera bem do atentado.


(Foto: Tribuna da Massa)


 O outro jovem que aparece nas imagens também foi identificado e está com prisão temporária decretada.

 Galindo foi preso em uma casa no Vale dos Tucanos. Segundo os delegados Paulo Henrique Costa e Ricardo Casanova, que comandam as investigações, ele estava em liberdade há cinco meses depois de cumprir sete anos de prisão.

 O secretário de Segurança Pública, Wagner Mesquita, esteve presente na coletiva, mas falou pouco à imprensa e saiu rapidamente. Questionado sobre as 12 mortes em uma mesma noite em 29 de janeiro, ele se resumiu a repetir o discurso feito há duas semanas em Curitiba, de que é necessário calma para conseguir provas suficientes para esclarecer os casos.

 (Colaborou Odair José/Rede Massa)