27°
Máx
13°
Min

Presos ameaçam rebelião e jogam água fervendo em policiais

Depois de resistência, policiais conseguiram esvaziar celas para fazer bate grade (Foto: Divulgação / Polícia Civil) - Presos ameaçam rebelião e jogam água fervendo em policiais
Depois de resistência, policiais conseguiram esvaziar celas para fazer bate grade (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

Policiais civis e militares foram mobilizados nesta quarta-feira (17) para controlar um princípio de rebelião na cadeia pública de Cândido de Abreu (182 quilômetros de Ponta Grossa). A confusão começou pouco depois da visita aos presos, na tarde de ontem, quando os agentes se preparavam para fazer um bate grade de rotina.

Segundo informações da Polícia Civil, já havia a suspeita de que os detentos estavam planejando uma fuga e, por isso, o pente fino aconteceu logo em seguida à visita dos parentes dos detentos. Assim que os policiais se preparavam para vistoriar as celas, os detentos colocaram vigas na porta principal para impedir a entrada das equipes.

Os policiais civis solicitaram apoio da PM de outros municípios e, com a chegada do reforço, os presos jogaram água fervendo contra os agentes e um dos policiais ficou ferido. Depois de aproximadamente 15 minutos de confusão na entrada das celas e do uso de munição não letal por parte dos policiais, os detentos se renderam e liberaram a entrada das equipes.

Durante a vistoria, os policiais encontraram dois celulares – um dentro de um pão francês e outro na descarga do banheiro – e um carregador enrolado nas cobertas. A polícia investiga com os objetos foram parar dentro das celas.