24°
Máx
17°
Min

Presos pulam muro ao lado de guarita e fogem de cadeia

As autoridades policiais de Guarapuava, na região centro-sul do Paraná, estão mobilizadas na busca de vários detentos que escaparam da cadeia pública da cidade na tarde desta sexta-feira (26). Pelo menos 15 detentos conseguiram pular o muro ao lado da guarita e deixaram a unidade prisional. Sete deles já foram recapturados pelas polícias Civil e Militar, sendo que dois deles acabaram baleados.

Os dois suspeitos alvejados foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e estão fora de perigo. Um vídeo gravado por moradores da região mostra ao menos três detentos sendo rendidos pela polícia. Também é possível ouvir os disparos dados pelos agentes de segurança pública.

Nos últimos dias, dois casos chamaram a atenção na cadeia de Guarapuava. Em um deles, um preso conseguiu fugir pulando o muro do solário durante o banho de sol. Na outra situação, o parente de um preso tentou entrar na delegacia com uma geladeira recheada de celulares.

Nesta sexta-feira pela manhã, autoridades de Guarapuava se reuniram para discutir uma solução para a cadeia e a possível construção de um presídio provisório. Promotores, membros do conselho de segurança comunitário, o delegado Rubens Miranda Junior e o comandante da Polícia Militar, Coronel Eric Osternack participaram da discussão. O encontro teve como objetivo principal encontrar uma saída para o problema da superlotação da cadeia de Guarapuava, que tem 400 presos em um espaço para 166. O resultado da discussão não foi aberto para a imprensa.