27°
Máx
13°
Min

Presos suspeitos de participação na morte de policial em Londrina

(Foto: Tribuna da Massa) - Presos suspeitos de participação na morte de policial em Londrina
(Foto: Tribuna da Massa)

A Polícia Civil de Londrina prendeu quatro pessoas em operação realizada na noite de quarta-feira (2). Elas estariam envolvidas na morte do policial Cristiano Bottino, 34 anos, primeiro dos 12 assassinados na noite violenta de 29 de janeiro na cidade, quando outras 15 pessoas também foram baleadas. 

Mantendo o padrão estabelecido desde o início da apuração das mortes, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) não divulga detalhes sobre o caso para não atrapalhar as investigações. 

Bottino foi executado a tiros quando voltava para casa em frente ao lago Norte. O crime teria sido cometido por dois homens em uma motocicleta.

O delegado-chefe da 10ª Subdivisão Policial de Londrina, Sebastião Ramos dos Santos Neto, deve se pronunciar sobre o caso na tarde desta quinta-feira (3), quando participará da sessão na Câmara de Vereadores.

Além das prisões, uma arma com numeração raspada também foi apreendida. Os presos foram transferidos para a Casa de Custódia de Londrina (CCL).