22°
Máx
17°
Min

Presos usaram ‘tereza’ para escapar de penitenciária

(Foto: Monique Sfoggia / Rede Massa) - Presos usaram ‘tereza’ para escapar de penitenciária
(Foto: Monique Sfoggia / Rede Massa)

Os dez presos que fugiram da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão no início da manhã desta segunda-feira (7) conseguiram deixar o local utilizando uma ‘tereza’, espécie de corda feita com lençóis amarrados. Os presos quebraram a barra de ventilação da cela e conseguiram descer utilizando o material improvisado.

Eles conseguiram chegar até a rodovia que fica próxima da penitenciária. Segundo o diretor da unidade, entre os fugitivos está um detento que é membro de uma facção criminosa chamada Primeiro Grupo Catarinense (PGC), que seria rival do Primeiro comando da Capital (PCC).

A Polícia Militar iniciou as buscas logo nas primeiras horas da manhã, mas até o momento ninguém foi capturado. O diretor da penitenciária, Marcos Andrade, alerta os moradores próximos da penitenciária para que fiquem atentos a qualquer movimentação estranha. Os presos que fugiram estavam usando calça cinza e camisa branca uniforme do sistema penitenciário.

Colaboração Monique Sfoggia, da Rede Massa.