26°
Máx
19°
Min

PRF inicia Operação Carnaval nesta sexta

Velocidade, embriaguez e ultrapassagens são alvos prioritários da fiscalização (Foto: PRF) - PRF inicia Operação Carnaval nesta sexta
Velocidade, embriaguez e ultrapassagens são alvos prioritários da fiscalização (Foto: PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lança à zero hora desta sexta-feira (5) a Operação Carnaval 2016 em todo o país.

Entre as ações prioritárias de fiscalização para este feriado estão o controle do excesso de velocidade com o uso de radares portáteis; a realização de exames de bafômetro para verificar o eventual consumo de bebidas alcoólicas pelos motoristas; e a fiscalização de ultrapassagens forçadas ou em locais proibidos pela sinalização.

Essas três condutas irregulares estão entre as principais causas de acidentes graves nas rodovias federais brasileiras. A operação termina à meia-noite da próxima quarta-feira (10).


A PRF também priorizará a abordagem de motocicletas e a fiscalização do uso do cinto de segurança e dos dispositivos de retenção específicos para crianças (bebê-conforto, cadeirinha e assento de elevação, conforme a idade).

O Carnaval é considerado pela PRF o período mais crítico de seu calendário de operações, em razão do alto consumo de álcool observado no período.

Para minimizar o risco de acidentes, a Polícia Rodoviária Federal orienta aos motoristas que façam revisões periódicas de seus veículos, respeitem sempre as leis e a sinalização, mantenham uma distância mínima de segurança em relação aos demais veículos e evitem dirigir com pressa ou com sono.

Em caso de chuva ou neblina, deve-se reduzir a velocidade, redobrar a atenção e manter sempre os faróis ligados com luz baixa. Em rodovias federais, o telefone de emergência é o 191.

De acordo com as previsões das concessionárias de pedágio, os horários de pico de movimento em direção aos litorais do Paraná e de Santa Catarina devem ocorrer entre o final da manhã desta sexta-feira (5) e o início da tarde de sábado (6). O retorno deve se concentrar a partir do meio-dia de terça-feira (9) e ao longo de toda a quarta-feira (10).

Policiais rodoviários federais desenvolverão ainda ações educativas em todas as regiões do Paraná.

Em Curitiba, entre 9 e 17 horas desta sexta-feira (5), um grupo de policiais estará na Estação Rodoferroviária, onde serão dadas orientações aos passageiros sobre a importância do uso do cinto de segurança nos ônibus de viagem.

Carnaval de 2015

Nove pessoas morreram no feriado de Carnaval do ano passado nas rodovias federais do Paraná.

O número foi 65% menor do que o verificado no mesmo feriado de 2014, quando houve 26 mortes no estado. O total de pessoas feridas em rodovias federais no Paraná caiu 17% no mesmo período, de 236 para 196. E o de acidentes, 12%, de 359 para 317.


Ao longo de seis dias da operação de 2015, 149 motoristas foram notificados pela PRF por dirigir sob influência de álcool no Paraná. Desse total, 35 foram presos em flagrante.

Em todo o país, a Polícia Rodoviária Federal registrou no Carnaval do ano passado uma queda de 24% no total de mortes, que passaram de 158 para 120.

Restrições de tráfego

Em rodovias federais de pista simples, conforme portaria anualmente publicada pela PRF, carretas bitrem, caminhões-cegonha e veículos com autorização especial de tráfego não poderão transitar das 16 horas à meia-noite de sexta-feira (5), e das seis horas ao meio-dia de sábado (6).

A proibição também vale para a tarde e noite de terça-feira (9) e para a manhã de quarta-feira (10).

O objetivo da medida é facilitar o fluxo de veículos e ampliar as condições de segurança. Com menos veículos longos nos trechos de pistas simples, a PRF pretende reduzir a necessidade de ultrapassagens, manobras que podem provocar colisões frontais.

A PRF proibiu ainda a realização de obras durante o feriado de Carnaval, à exceção daquelas emergenciais ou impossíveis de serem interrompidas.

Colaboração: assessoria de imprensa.