26°
Máx
19°
Min

Primos saem para pescar no Rio da Areia e morrem afogados

Garoto de 17 anos estava entre os jovens que morreram afogados no Rio da Areia (Foto: Divulgação) - Primos saem para pescar no Rio da Areia e morrem afogados
Garoto de 17 anos estava entre os jovens que morreram afogados no Rio da Areia (Foto: Divulgação)

O Corpo de Bombeiros de Irati resgatou os corpos dos três jovens que morreram afogados em Inácio Martins, na região centro-sul do Paraná. As três vítimas estavam pescando em um bote de madeira que virou no Rio da Areia, no trecho que passa pelo Assentamento Santa Rita, no fim da tarde de sexta-feira (19).

O caso foi repassado para o Corpo de Bombeiros somente na madrugada de sábado (20). Os corpos de Max Fabrício Karling, 17 anos, e Saimon Josué Fritz, de 25 anos, que atuava como agente de saúde, foram encontrados entre a manhã e a tarde de sábado. Como o local era de difícil acesso, as buscas foram interrompidas no período da noite e retomadas na manhã de domingo (21). Uma nova equipe foi até o local, onde populares já estavam procurando pelo corpo de Guilherme Ribeiro Pinto, de 14 anos. Algumas horas depois, o corpo do adolescente boiou e foi retirado do rio. Segundo informações, Max e Guilherme eram irmãos por parte de mãe. Saimon era primo dos garotos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, quatro pessoas estavam pescando no bote. Nino Wolff, de 46 anos, que acompanhava os rapazes, conseguiu nadar até um barranco próximo. De acordo com o Corpo de Bombeiros, os jovens que morreram afogados estavam de bota, capa de chuva, mochila e calça jeans. Os corpos das vítimas foram encontrados próximos ao local onde o bote virou. Eles estavam separados por uma distância de cinco a dez metros, segundo o Corpo de Bombeiros.

Colaboração Rádio Najuá.