22°
Máx
16°
Min

Professores e policiais civis continuam em greve; governo marca encontro para esta quarta-feira

(Foto: Reprodução Facebook / Sinclapol) - Professores e policiais continuam em greve; governo marca encontro
(Foto: Reprodução Facebook / Sinclapol)

O Governo do Paraná realiza na tarde desta quarta-feira (19), em Curitiba, um debate sobre o orçamento de 2017. Foram convidados para o evento para participar os sindicados que representam os servidores estaduais.

O chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, afirmou que o encontro é uma oportunidade para que os servidores conversem com técnicos da Secretaria de Estado da Fazenda sobre o orçamento. O governo tenta adiar o reajuste salarial anual previsto para janeiro de 2017 e, conforme a administração estadual, o encontro permitirá que os servidores entendam os motivos que levaram à proposta de adiamento.

Professores da rede estadual de ensino e policiais civis entraram em greve nesta segunda-feira (17) e um dos pontos apontados pelos servidores para o movimento está relacionado com o adiamento, além de outras questões de carreira.

A APP-Sindicato, que representa os professores, participou de uma reunião com o governo do estado. Uma nova rodada de negociação também está programada para esta quarta-feira. Está marcada para amanhã uma concentração de professores na frente do Palácio Iguaçu. Hoje, os professores seguem paralisados e realizam debates sobre o Ensino Médio no Centro Cívico, em Curitiba. A entidade divulgou que a adesão à greve alcançou 50% dos professores no primeiro dia de paralisação.

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) informou, por meio de assessoria de imprensa, que o balanço parcial na manhã desta terça-feira indica 50% das escolas funcionando normalmente e 20% atendem parcialmente. Cerca de 5% dos colégios estão totalmente paralisados e o restante segue em recesso em função da ocupação dos estudantes.

A greve dos policiais civis também continua nesta terça-feira em todo o estado. O Sindicato das Classes Policiais Civis do Paraná (Sinclapol) informou que a adesão da categoria chegou a 90% no primeiro dia de paralisação, ontem. As delegacias estão com suas rotinas alteradas.

Ministro

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) divulgou que nesta terça-feira, a secretária, professora Ana Seres, deve entregar ao ministro da Educação, Mendonça Filho, em Brasília, o relatório dos seminários que debateram a reforma do ensino médio com a comunidade escolar. Os mais de trinta seminários em todo o Estado, reuniram cerca de 16 mil paranaenses, entre estudantes, pais, grêmios estudantis, professores, funcionários, pedagogos e diretores, além de técnicos da Secretaria da Educação.

Segundo a secretária Ana Seres, a reunião com o ministro tem o objetivo de abrir o canal de discussões sobre a reforma com o governo federal. “Somos favoráveis a mudanças no ensino médio, pois algo precisa ser feito por essa etapa do ensino. Mas defendemos a ampla discussão, como fizemos no Paraná, antes de qualquer definição”, disse Ana Seres.

Além dos encontros presenciais, a Secretaria de Estado da Educação preparou uma consulta online para ampliar o acesso à discussão. A consulta terminou na segunda-feira (17), com mais de quatro mil contribuições.

Colaboração Seed