28°
Máx
17°
Min

Profissionais de nove estados participam de ‘contação de histórias’

Terceira edição do evento acontece entre os dias 18 e 20 de abril e contará com dezenas de ‘contadores’ (Foto: Divulgação) - Profissionais de nove estados participam de ‘contação de histórias’
Terceira edição do evento acontece entre os dias 18 e 20 de abril e contará com dezenas de ‘contadores’ (Foto: Divulgação)

As cinco regiões do país estarão representadas no III Festival Nacional de Contadores de Histórias de Ponta Grossa, realizado pela Fundação de Cultura e pelo Núcleo de Contadores de Histórias de Ponta Grossa. Agendado para os dias 18 a 20 de abril, o evento terá oficinas, falas interativas, debates e uma Maratona de Contos com mais de 100 sessões narrativas em vários espaços da cidade. O evento se tornou um dos principais do Brasil e nesta edição irá receber também profissionais de outros países.

Evento deve confirmar presenças de contadores estrangeiros, como do nigeriano Sunday Ikechukwu Nkeechi, além de profissionais de referência no Brasil.

Uma das novidades é a concentração das atividades em menos dias de festival, além da seleção apenas de duplas de contadores. “Os festivais de contadores de histórias estão sempre se reinventando, como os contos da tradição oral que persistem também se reinventando. A dinâmica de um evento precisa ser modificada sempre, sugerindo novas modalidades e linguagens", acredita o curador do festival, Alfredo Mourão.

Com a proposta de reunir linguagens das várias nacionalidades presentes na região, o evento deste ano traz como temática a Ancestralidade e Diversidade Cultural, com o lema ‘Para contar e cantar os saberes ancestrais’. 

Contadores selecionados

  • Andrea Lima de Souza Cozzi e Antonio Juraci Almeida Siqueira (Belém/PA);
  • Cicero Airton Gonçalves e Elizabette Gonçalves Rodrigues (Juazeiro do Norte/CE);
  • Mariane Bigio Nascimento e Milla Bigio Nascimento (Recife/PE);
  • Maristela Papa da Silva e William Reis de Oliveira (Brasília/DF);
  • Claudia Maria de Oliveira e Fabio Vieira Pereira (Vitória/ES);
  • Agustin Kammerath e Thaiane Leal Ferreira (Rio de Janeiro/RJ);
  • Ana Paula de Souza e Antonio Meira Fernandes (São Bernardo do Campo/SP e Mauá/SP);
  • Vera Lucia de Oliveira e William Felipe Gama (Osasco/SP);
  • Patricia Carvalho Saravy e Richard Rocha Rebelo (Curitiba/PR);
  • Cristina Magdaleno de Souza Lopes e Tania Denise da Silva Meyer (Florianópolis/SC e São José/SC).

Os representantes da região Norte receberão prêmio de R$ 3.000 cada um, da região Nordeste R$ 2.000, da região Centro-Oeste R$ 1.500, da região Sudeste R$ 1.300 e da região Sul R$ 1.200.

Os contadores ponta-grossenses também estarão presentes no evento. Um edital público selecionou os profissionais Alana Berti, Ana Claudia de Oliveira, Anielle Carrano, João Agner, Liz Ângela de Almeida, Lucélia Clarindo, Roberto Siemieniaco e Terezinha Musardo. O prêmio individual é de R$ 700. Todos os prêmios, tanto os nacionais como os locais, serão destinados como compromisso de participação nas atividades do Festival e no custeio das despesas de alimentação, transporte e hospedagem.

Festival de sucesso

Realizado pelo terceiro ano consecutivo, o Festival Nacional de Contadores de Histórias se tornou referência no país pelo seu modelo de gestão e execução, atraindo os olhares dos profissionais brasileiros e internacionais.

Em 2015, o evento teve a participação de 65 contadores, entre selecionados, contratados, visitantes e locais. Foram 16 oficinas, cinco falas interativas, quatro exibições cinematográficas e 15 artigos acadêmicos inscritos na I Jornada Nacional de Estudos em Narrativas. Já a Maratona de Contos levou 97 intervenções narrativas para 56 espaços diferentes, como escolas, praças, grupos da terceira idade, teatros e ônibus do transporte coletivo urbano. Além de Ponta Grossa, o evento também teve atividades em Castro, Imbituva, Irati, Teixeira Soares e União da Vitória. No total foram atingidas mais de 16 mil pessoas em cinco dias de festival.

Colaboração Assessoria de Imprensa.