27°
Máx
13°
Min

Projeto de lei termina com preços de “quatro dígitos” em postos de combustíveis

(Foto: José Cruz/Agência Brasil) - Projeto de lei termina com preços de “quatro dígitos” em postos de combustíveis
(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Um projeto de lei que determina a formatação dos preços para a comercialização de combustíveis limitado a dois dígitos de centavos – diretamente na bomba de abastecimento, com divulgação em local visível e com destaque –, foi aprovado em segunda votação na Assembleia Legislativa do Paraná, nesta terça-feira (19).

A proposta prevê a redução do valor anunciado do combustível a dois dígitos de centavos (R$ 3,75 por exemplo), e não mais a três números após a vírgula (R$3,759), como é feito atualmente pelos postos de combustível. A autoria do projeto é do deputado Evandro Araújo (PSC).

O parlamentar entende que a estratégia de apresentação do preço dos combustíveis com três dígitos após a vírgula, comum nos postos em geral, costuma confundir e causar prejuízos ao consumidor.

“Essa é uma estratégia do falso barato. Por que não colocar R$ 2,99 e sim R$ 2,998? Isso é para induzir o consumidor a achar que está pagando menos do que ele está de fato pagando”, explicou.

“Com o valor que o cliente paga e não percebe, seria possível trocar um pneu ou pagar uma conta. Por isso, as pessoas precisam ser orientadas e essa prática precisa ser proibida”, defendeu o deputado.

Na votação desta terça-feira (19), a matéria recebeu 46 votos a favor e nenhum contra. Com isso, ela foi aprovada em segunda votação na Casa. Agora, o projeto de lei segue para sanção do governador Beto Richa para, então, se tornar lei no Paraná.

Colaboração: Assessoria de Imprensa da Assembleia Legislativa do Paraná