23°
Máx
12°
Min

Projeto prevê multa a fura-catracas

(Foto: Divulgação) - Projeto prevê multa a fura-catracas
(Foto: Divulgação)

Os vereadores irão votar, na próxima segunda-feira (9), um projeto que lei que prevê cobrança de multa aos invasores do sistema de transporte coletivo. De acordo com a proposição, os fura-catracas serão multados no valor de 50 passagens, o correspondente a R$ 185, que pode dobrar em caso de reincidência.

“Segundo relatório da CPI do Transporte Coletivo, as invasões representam uma enorme perda”, justifica o autor do projeto, vereador Rogério Campos (PSC), que ainda ressalta que motoristas e cobradores “também estão sendo responsabilizados, com pagamento de multa por não coibir esse tipo de ação, que coloca suas vidas em risco”. “Para não ter o desconto, muitos trabalhadores entram em confronto com os invasores”, completa.

Ficam sujeitos a multa a pessoa que pula “a catraca ou entra no ônibus pela lateral da plataforma da estação-tubo e pelas portas traseiras, destinadas ao desembarque”, conforme divulgou a comunicação da Câmara Municipal. Caso o invasor tenha menos de 18 anos a multa será cobrada pelo responsável.

Integrantes do Movimento Passe Livre (MPL) se posicionaram contrários à aprovação da multa. “Quem invade está descoberto de direitos, logo não deve ser criminalizado”, disse Luiz Henning, que também é membro do Conselho Municipal do Transporte, durante reuniões sobre o projeto, realizada em abril.

O projeto será votado em dois turnos e, se aprovado, será encaminhado para o prefeito.

Colaboração Câmara Municipal de Curitiba