27°
Máx
13°
Min

Projeto quer oficializar multa moral no trânsito de Londrina

(Foto: Acessibilidade na Prática) - Projeto quer oficializar multa moral no trânsito de Londrina
(Foto: Acessibilidade na Prática)

Um projeto apresentado pelo vereador Amuari Cardoso (PSDB) quer tornar oficial em Londrina a campanha da multa moral a motoristas que desrespeitarem vagas de estacionamento reservadas para idosos e pessoas com deficiência.

 A iniciativa foi implantada na cidade pela mãe de uma criança com paralisia cerebral que, cansada de presenciar o egoísmo e cara-de-pau dos motoristas, passou a distribuir panfletos aos que se julgam ‘espertões’ na hora de conseguir uma vaga para estacionar.

Quem for flagrado, recebe um panfleto assinalado com a infração cometida pelo motorista, acompanhada da seguinte frase: “um pouco de respeito e cidadania não faz mal a ninguém”.

O projeto de lei protocolado na Câmara prevê a ampliação do projeto, com uma campanha de distribuição dos panfletos em áreas de estacionamento públicas ou privadas, estabelecimentos comerciais, eventos públicos, escolas e igrejas.

Os talões de multa moral seriam confeccionados pela iniciativa privada, em troca de publicidade em área de até um sexto do panfleto.

“Essa ilegalidade não é incomum, mas se torna mais comum quando estamos em estabelecimentos privados como shoppings, supermercados e similares.  Muitas pessoas se sentem indignadas e acreditam que não há multa em estabelecimentos privados. Na verdade, faltam informações para os cidadãos quanto à possibilidade de multa em shoppings e similares em relação ao desrespeito à vaga reservada, já que a autoridade com poder de polícia pode multar mesmo no interior desses estabelecimentos”, afirma o vereador Amauri Cardoso, autor da proposta. 


 A lei já existe em cidades como Curitiba, Porto Alegre, Goiânia e São Paulo . Em Londrina, a proposta ainda precisa passar pelas comissões da Câmara antes de ir a plenário para ser aprovada pelos vereadores, ser sancionada pelo prefeito para então entrar em vigor.