21°
Máx
17°
Min

Publicano: empresário admite ter pago mais de R$ 200 mil de propina

(foto: Altair Souza/Rede Massa) - Publicano: empresário admite ter pago mais de R$ 200 mil de propina
(foto: Altair Souza/Rede Massa)

Foram retomadas nesta segunda-feira (4) no Tribunal do Júri do Fórum de Londrina as audiências do julgamento da Operação Publicano, que investiga um esquema de corrupção na Receita Estadual do Paraná.

Carlos Henrique Dias, empresário que atua no setor de vestuário, admitiu ter pago R$ 225 mil de propina em dois momentos. "As abordagens e propostas partiram dos auditores. Meu cliente acreditou que teria dificuldades para tocar o negócio caso não aderisse à proposta”, justificou o advogado de Dias, Gabriel Bertin.

Em dez dias, estão previstos depoimento de 45 réus entre empresários, contadores e funcionários. O mais aguardado é o do ex-inspetor geral de Fiscalização da Receita Estadual, Márcio Albuquerque Lima, considerado o comandante do esquema de corrupção que, segundo o Gaeco, teria desviado R$ 1 bilhão.

(colaborou Heloisa Pedrosa/Rede Massa)