27°
Máx
13°
Min

Quadrilha explode caixa do banco Itaú e leva guarda de refém em Fênix

Quadrilha explode caixa do banco Itaú e leva guarda de refém

Uma quadrilha explodiu um caixa eletrônico da única agência bancária de Fênix (a 66 quilômetros de Campo Mourão), na madrugada desta quarta-feira (3). Os criminosos montaram um grande esquema para praticar o roubo, envolvendo oito homens.

Tudo aconteceu por volta das 3h30, na agência do Itaú. De acordo com a Polícia Militar, quatro bandidos renderam o vigia e, com uma alavanca, arrombaram a porta. Foram necessárias duas dinamites para explodir o caixa, pois a primeira falhou. Enquanto os bandidos agiam no interior do banco, o restante da quadrilha estava lá fora, efetuando disparos para o alto, a fim de evitar que algum morador se aproximasse.

A quadrilha também interrompeu um ônibus que transportava trabalhadores de uma empresa. Os bandidos impediram que os passageiros descessem até que a ação terminasse. Ousados, ainda arrombaram a porta da agência dos Correios, mas não levaram nada.

A polícia recebeu dezenas de denúncias por telefone e, ao se preparar para o deslocamento, notou que havia grampos pela via, colocados para estourar os pneus das viaturas. Foi solicitado apoio dos destacamentos vizinhos para fazer um cerco policial.

No entanto, na chegada à agência, a quadrilha já havia escapado em um carro, levando o guarda como refém. O Chevrolet Cobalt branco utilizado na fuga tinha alerta de roubo de Cianorte, do dia 22 de julho de 2016.

O guarda foi liberado, juntamente com o veículo, a cerca de cinco quilômetros de Fênix. Foram realizadas rondas pela região, mas os bandidos seguem desaparecidos nesta quarta-feira (3). A Polícia Civil vai utilizar as imagens das câmeras de segurança do banco na investigação.