23°
Máx
12°
Min

Quadrilha fecha avenida principal e explode caixas eletrônicos em quatro dos seis bancos de Terra Rica

Quadrilha fecha avenida principal e explode caixas em 4 dos 6 bancos

Em uma ação ousada, uma quadrilha de aproximadamente 20 homens levou terror a Terra Rica (a 64 quilômetros de Paranavaí), na madrugada desta sexta-feira (5). Eles explodiram caixas eletrônicos de quatro dos seis bancos do município, deixando um rastro de prejuízos na Avenida São Paulo, no Centro, a principal via da localidade.

Segundo informações da Polícia Militar, por volta das 3h, uma equipe fez patrulhamento pela cidade e passou por toda a região central. Cerca de 15 minutos após chegar à central, recebeu uma ligação da empresa de segurança do banco Itaú, comunicando que dois homens com armas longas haviam entrado no local.

Assim que o telefonema foi encerrado, os policiais já ouviram a primeira explosão. A cada dois minutos, os bandidos fizeram uma detonação, iniciando pelo Bradesco e passando por Itaú, Sicredi e Banco do Brasil. Na Caixa Econômica, um tiro quebrou a porta de vidro, mas o sistema de fumaça foi iniciado, sem explosivos no local.

Apenas o Sicoob, que não fica na Avenida São Paulo, foi ‘poupado’.

Fortemente armados

Para evitar a reação da polícia, os bandidos bloquearam a avenida principal com duas caminhonetes, tendo quatro homens fortemente armados na caçamba de cada uma delas, atirando. Os policiais só conseguiram chegar a quatro quarteirões de distância.

Houve troca de tiros entre os criminosos e policiais civis, sem feridos. Existe a possibilidade do disparo que danificou a porta da Caixa Econômica ter sido efetuado nesse momento. Na cena, foram encontradas cápsulas de pistola 9mm, .45 e outras. Acredita-se que os bandidos usaram também fuzis e metralhadoras.

Um segurança privado de um posto de combustíveis e um vigia noturno foram rendidos pelos criminosos, que fugiram após o roubo. Debochados, eles só roubaram as notas grandes, deixando montantes com notas pequenas, de R$ 10, pela avenida.

Na fuga, os bandidos teriam usado duas caminhonetes L200 e pelo menos três automóveis, sendo que alguns veículos foram jogados no Rio Paranapanema, possivelmente produtos de furto e roubo.

Na manhã desta sexta-feira, os policiais investigam o caso e ainda tentam encontrar os envolvidos. Já os bancos farão o levantamento do prejuízo das explosões, que transformaram a avenida principal de Terra Rica em um cenário de guerra.