23°
Máx
12°
Min

Quatro Barras já vacinou mais de 72% da população de risco de H1N1

(Foto: Elza Fiúza / Agência Brasil) - Quatro Barras já vacinou mais de 72% da população de risco de H1N1
(Foto: Elza Fiúza / Agência Brasil)

A prevenção contra a H1N1 continua em Quatro Barras. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, mais de 72% da população de risco já está vacinada, sendo destas 86% dos idosos, 58% das gestantes, 78% dos trabalhadores da Saúde, 57% das crianças e mais da totalidade do estimado das puérperas – mulheres que tiveram filhos há menos de 45 dias.     

A campanha segue até o dia 20 de maio em todas as Unidades Básicas de Saúde de Quatro Barras, com vacinação destinada a grupos com maior risco de contágio. São eles: crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, mulheres que tiveram filhos há menos de 45 dias, idosos, profissionais da Saúde e pessoas portadoras de doenças crônicas ou outras que comprometam a imunidade. A vacina previne, além da H1N1, as gripes causadas pelos vírus H3N2 e Influenza B. 

Cuidados

O contágio da H1N1 geralmente é feito por contato direto, através de gotículas de saliva expelidas ao falar, tossir ou espirrar. Também é possível a transmissão pelo contato indireto, quando a pessoa toca em objetos contaminados e depois leva as mãos à boca ou nariz. 

As principais formas de prevenção consistem na higienização das mãos, evitar locais com aglomerações de pessoas, cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar, e usar álcool em gel sempre que possível. 

Sintomas    

Devido aos sintomas da H1N1 serem muito parecidos com o da gripe comum, as pessoas com alguma suspeita devem recorrer a testes laboratoriais, responsáveis pela diferenciação entre os dois tipos de vírus. 

Alguns sintomas recorrentes da H1N1

  • Febre alta

  • Tosse
  • Dor de cabeça
  • Dores musculares
  • Falta de ar
  • Espirros
  • Dor na garganta
  • Fraqueza
  • Coriza
  • Congestão nasal
  • Náuseas e vômitos

Colaboração Assessoria de Imprensa.