22°
Máx
14°
Min

Radares ‘educam’ londrinense e reduzem índice de acidentes

(foto: Marco Feltrin) - Radares ‘educam’ londrinense e reduzem índice de acidentes
(foto: Marco Feltrin)

Três meses após o início do funcionamento de radares em 18 pontos de Londrina, as estatísticas apontam um resultado positivo na redução do número de acidentes.

 Segundo dados divulgados pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), houve uma redução de 48% no número de ocorrências nos locais onde estão instalados os radares, com 14 acidentes entre junho e agosto e 27 no trimestre anterior.

Outro indicativo de que o motorista londrinense tem sido ‘educado’ com radares é a redução no número de infrações cometidas. Em junho, primeiro mês de operação, o índice foi de um motorista autuado a cada 300 carros. No mês seguinte, o índice passou para 455 carros por motorista multado, chegando a 600 em agosto.

O número de multas também caiu quase pela metade. Foram 26.221 multas em junho contra 13.907 em agosto. A Duque de Caxias continua sendo a ‘campeã’ em excesso de velocidade, com 2.172 multas em no último mês. Apesar disso, o número de infrações na avenida caiu 63% em relação ao primeiro mês.

Em relação ao avanço de sinal vermelho, o cruzamento da avenida JK com rua Alagoas apresenta maior incidência, com 381 infrações. Já a parada sobre a faixa de pedestre é maior na avenida Tiradentes com rua Bauru.

Pesquisa


A CMTU fez uma pesquisa para avaliar o comportamento do motorista londrinense. Foram entrevistadas 386 pessoas em todas as regiões da cidade, com margem de erro de 4,9%.

Quase metade dos entrevistados (48,7%) admitiu já ter dirigido depois de ter ingerido bebida alcoólica.

Do total de pessoas ouvidas pela pesquisa, 74,6% já foram multadas, sendo 57% por excesso de velocidade, 19% por estacionar em local proibido e 11,9% por avanço de sinal vermelho.