23°
Máx
12°
Min

Radialista é morto a tiros na frente de emissora

(Foto: Divulgação) - Radialista é morto a tiros na frente de emissora
(Foto: Divulgação)

O radialista João Valdecir de Borba, de 51 anos, conhecido como Valdão, foi morto a tiros na frente da emissora em que trabalhava na noite desta quinta-feira (10) em São Jorge D’Oeste, a 77 quilômetros de Francisco Beltrão. O crime aconteceu na Avenida Iguaçu, na área central do município.

Segundo informações obtidas no local, a vítima teria saído da emissora para fumar na calçada na companhia de um colega de trabalho. Testemunhas viram dois homens chegando ao local e atirando contra Valdão. O amigo dele foi levado até o corredor da emissora, onde foi obrigado a ficar deitado de bruços para não ver o rosto dos autores.

O radialista levou um tiro no abdômen e chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu ao dar entrada no hospital. Segundo informações de amigos, há certo tempo ele manifestava o medo de ser morto. Há quatro meses, Valdão teria pedido para deixar as reportagens policiais da emissora.

Polícia Civil e a Criminalística foram acionadas para fazer o levantamento no local do crime. O corpo do radialista foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Pato Branco. Policiais civis da cidade de São João estão trabalhando nas investigações sobre o comando da delegada Franciela Alberton.

Colaboração Romeu Junior, da Rede Massa.