21°
Máx
17°
Min

Rapaz desaparece em assentamento do MST; bombeiros fazem buscas

Um homem está sendo procurado em Matelândia, no Oeste do Paraná, depois de ter desaparecido na última quinta-feira (29). Romário Flores Melende, 21 anos, foi visto pela última vez no assentamento onde seus amigos vivem, na Fazenda  Boito, localizada em uma área rural a 85 km de Foz do Iguaçu.

A área está ocupada por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) desde 2004. Segundo a Polícia Civil, o jovem, que é morador de Rio Bonito do Iguaçu, viajou a Matelândia para visitar os amigos e votar. 

No acampamento, ele teria sido abordado por dois suspeitos e, em seguida, agredido. Uma mulher presenciou tudo e contou à Polícia que foi ameaçada. A dupla teria dito para ela fugir, do contrário, "também seria morta".

A mãe de Romário, Simone Cristina Melende, está desesperada. “Ele era um garoto feliz. Todos o amavam. Eu quero encontrar meu filho, seja vivo ou morto”, disse. Amigos contaram para a reportagem que a vítima foi expulsa do acampamento há pouco tempo depois de ter se envolvido em uma confusão. O motivo não foi revelado.

Equipes do Corpo de Bombeiros iniciaram as buscas em um açude dentro da fazenda na manhã desta terça-feira (4). A Polícia Militar e Civil acompanharam os trabalhos. O local foi esvaziado, mas nada foi encontrado.

Um dos suspeitos de ter cometido o crime já foi identificado, mas segue sendo procurado. A Polícia Civil vai continuar com as investigações. As buscas serão retomadas na região nesta quarta-feira (5).

Colaboração: Marcio Falcão e Roberta Campos/Rede Massa.


Rapaz desaparece em assentamento do MST; bombeiros fazem buscas