24°
Máx
17°
Min

Receita Federal espera receber 1,780 milhão de declarações de Imposto de Renda Pessoa Física no Paraná

Receita divulgou as regras para a declaração do Imposto de Renda 2016 - ano base 2015 (Foto: Agência Brasil) - Receita espera 1,780 milhão de declarações de IR no Paraná
Receita divulgou as regras para a declaração do Imposto de Renda 2016 - ano base 2015 (Foto: Agência Brasil)

A Receita Federal divulgou a expectativa de entrega de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) - ano base 2015. Somente no Paraná, a estimativa é receber 1,780 milhão de declarações, com 2,2% de aumento em relação ao ano passado. Esta é a média de crescimento que a Receita Federal vem registrando nos últimos anos. Em todo o País, devem ser entregues 28,5 milhões de declarações.

A declaração do Imposto de Renda 2016 poderá ser realizada entre 1º de março e 29 de abril. A data final está alterada em relação ao usual porque dia 30 de abril cai em um domingo. A orientação da Receita Federal é para que os contribuintes fiquem ainda mais atentos ao prazo de encerramento para a entrega da declaração.


Receita Federal ressalta que prazo para entrega da declaração será encerrado em 29 de abril (Foto: Agência Brasil)

Novidades

Neste ano, será obrigatório informar o CPF dos dependentes e alimentandos com 14 anos ou mais. Anteriormente, a idade mínima era 16 anos. Profissionais de saúde, de odontologia e de advocacia, a partir de agora, deverão informar o CPF de clientes, no caso de recebimento de rendimentos de pessoas físicas.

Outra novidade é no momento da transmissão dos dados. Quando o contribuinte ou profissional de contabilidade clicar em “entrega da declaração”, o sistema fará simultaneamente as funções de verificação de pendências, gravação e transmissão. Até o ano passado era necessário verificar as pendências separadamente e gravar as informações antes de iniciar a transmissão dos dados.

Regras

Segundo a Receita, neste ano, os contribuintes com rendimento tributável a partir de R$ 26.816,55 são obrigados a fazer a declaração do Imposto de Renda. A dedução por dependente deve atingir no máximo R$ 2.275,08. O limite para dedução com educação é de R$ 3.561,50.