27°
Máx
13°
Min

Reportagem entra em ocupação do MST e mostra rotina após confronto

Uma equipe de reportagem da Rede Massa / Massa News entrou nesta segunda-feira (11) no acampamento do MST em Quedas do Iguaçu.

Foto: André Garcia e Cristiane Guimarães / Rede Massa

Denominado acampamento Dom Tomas Balduíno, as famílias acampadas voltam a rotina depois do confronto que deixou dois mortos na semana passada.

Hoje, cerca de 400 crianças que vivem na área ocupada, retomaram os estudos, na escola montada dentro do próprio local ocupado pelas famílias.

Foto: André Garcia e Cristiane Guimarães / Rede Massa

Os integrantes do MST ainda se mostram revoltados com o ocorrido, mas confiam na investigação da PF que deve apurar o caso.

Foto: André Garcia e Cristiane Guimarães / Rede Massa

Massacre Eldorado Carajás

Os integrantes do MST começam a organizar o ato que vai lembrar os 20 anos do massacre de Eldorado Carajás. Na época 21 trabalhadores rurais do movimento sem terra morreram em um confronto com a polícia do Pará.

Acesso ao local do confronto

A equipe de reportagem também foi até o local onde houve o confronto, em Quedas do Iguaçu. Na área restaram os vestígios de uma batalha entre o MST e a PM do Paraná.

Foto: André Garcia e Cristiane Guimarães / Rede Massa

Um integrante do MST que ficou ferido conversou com a equipe e afirmou que outras pessoas foram feridas, mas que por medo não buscaram socorro, pois temeram a morte.

Foto: André Garcia e Cristiane Guimarães / Rede Massa

Elas foram medicadas posteriormente e não entraram nos dados oficiais divulgados pela polícia, que revelou apenas dois integrantes do movimento com lesões causadas no tiroteio.

Cidade volta ao normal

A cidade de Quedas do Iguaçu também tenta retomar a normalidade após os atos registrados. Nesta segunda-feira, mais de 7 mil estudantes da Rede Municipal e Estadual voltaram às aulas, suspensas desde o dia do confronto.

Foto: André Garcia e Cristiane Guimarães / Rede Massa

As equipes da Polícia Militar ainda estão na cidade e realizam um trabalho de presença junto à comunidade, conversando e orientando os moradores.

Colaboração: André Garcia e Cristiane Guimarães / Rede Massa