24°
Máx
17°
Min

RF participa de mutirão nacional de destruição de apreensões

Em Foz do Iguaçu o destaque é pela quantidade de cigarros apreendidos (Foto: Receita Federal) - RF participa de mutirão nacional de destruição de apreensões
Em Foz do Iguaçu o destaque é pela quantidade de cigarros apreendidos (Foto: Receita Federal)

Nesta semana de 11 a 15 de julho, a Receita Federal está realizando o XVII Mutirão Nacional de Destruição de Mercadorias Apreendidas em todo o País.

Considerando que a destruição de mercadorias faz parte das atividades rotineiras desenvolvidas pela Receita Federal nesta região de fronteira, em   razão do volume e das características dos produtos apreendidos, a DRF/Foz está promovendo neste mutirão a destruição de mercadorias apreendidas que superam o valor total de R$ 63,8 milhões.

Estão sendo destruídas diversas mercadorias proibidas e/ou contrafeitas, cuja destruição é determinada pela legislação, como receptores de satélite, óculos, relógios, bebidas alcoólicas, agrotóxicos, cigarros, isqueiros, celulares e armas de brinquedo.

O maior volume de destruições corresponde a cigarros, num total de 11 milhões de maços, que corresponde ao valor de R$ 51,4 milhões.

A DRF/Foz conta com uma máquina especialmente projetada para a destruição do produto. Além disso, estão sendo destruídos 539 mil óculos, 210,5 mil relógios, 41 mil celulares e acessórios, 75,5 mil unidades de isqueiros e 5,6 mil armas de brinquedo.

Seguindo as crescentes exigências da legislação ambiental e em razão da constante preocupação da Receita Federal com o referido tema, todos os processos de destruição são executados com adequação às normas de proteção ao meio ambiente, além de privilegiarem a reciclagem dos resíduos gerados, sempre que esta alternativa seja viável.

Colaboração: Assessoria de imprensa