21°
Máx
17°
Min

Richa inaugura mais um trecho de pistas duplas da Rodovia do Café

São mais dez quilômetros no sentido Ponta Grossa ao norte do Paraná, totalizando 21 quilômetros nesse sentido (Foto: Marrara Laurindo / Rede Massa) - Richa inaugura mais um trecho de pistas duplas da Rodovia do Café
São mais dez quilômetros no sentido Ponta Grossa ao norte do Paraná, totalizando 21 quilômetros nesse sentido (Foto: Marrara Laurindo / Rede Massa)

O governador Beto Richa entregou nesta quarta-feira (10) a duplicação de mais 10 quilômetros da Rodovia do Café, a BR-376. O novo trecho se soma a outros 11 quilômetros inaugurados no ano passado, chegando agora a 21 quilômetros já duplicados na rodovia, no sentido Ponta Grossa a Apucarana (Norte). Outra frente de trabalho atua no trecho entre Califórnia e Apucarana (11 km). Também está em obras a duplicação do acesso a Ortigueira e ainda neste ano começa o trecho em Imbaú. Em ambos, haverá vias marginais, separando o tráfego urbano do rodoviário.

Além da duplicação, também foi inaugurada a trincheira em frente à fábrica de cerveja Ambev, em Ponta Grossa nos Campos Gerais. Na solenidade, foi ressaltado que as obras na BR-376 foram antecipadas, graças à negociação do governo estadual com a concessionária CCR Rodonorte.

“A BR-376 é uma das principais rodovias do Paraná, liga importantes regiões e tem intenso fluxo de veículos”, disse Richa. “Por isso intensificamos a conversa com a concessionária para antecipar a obra, que beneficia o Paraná e amplia o conforto e a segurança dos usuários. Rodovias em boas representam crescimento e desenvolvimento”, afirmou o governador. “Temos hoje mais de 400 quilômetros de rodovia em duplicação no Paraná e a principal delas é a Rodovia do Café”, disse Richa. Ele lembrou que o projeto envolve a duplicação de todo o trajeto entre Ponta Grossa e Apucarana (230 quilômetros). Mais de nove mil veículos trafegam diariamente pela rodovia.

Trincheira

O secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, destacou a construção da nova trincheira, que foi feita com recursos da empresa cervejeira Ambev. “Esse é um aspecto importante a ressaltar, uma novidade”, disse o secretário.

A trincheira fica em frente à fábrica, custou R$ 3,6 milhões e foi construída pela empresa dentro do acordo com Governo do Estado pelo programa de incentivo fiscal Paraná Competitivo. Com isso, o custo da obra não impacta na tarifa do pedágio. Mais de 500 caminhões da Ambev circulam diariamente pelo trecho.

Pontes e viaduto

Além de melhorar o fluxo de veículos, outras mudanças significativas foram trabalhadas no período de revitalização do trecho. Visando reduzir os riscos de acidentes e garantir maior segurança a motoristas e moradores da região, a rodovia teve uma série de correções vertical e horizontal de curvas. Também foram construídas duas novas pontes, sobre os rios Tibagi e Barrinha, e um viaduto sobre a rede ferroviária.

Colaboração Agência Estadual de Notícias.