23°
Máx
12°
Min

Ruralista Alessandro Meneghel é preso por descumprir regras da justiça

No ano passado, o ruralista foi detido, pois segundo a justiça, estaria coagindo testemunhas (Foto: André Garcia / Rede Massa) - Ruralista Alessandro Meneghel é preso por descumprir regras da justiça
No ano passado, o ruralista foi detido, pois segundo a justiça, estaria coagindo testemunhas (Foto: André Garcia / Rede Massa)

O ruralista Alessandro Meneghel foi preso mais uma vez em Cascavel, na manhã desta sexta-feira (26). O mandado de prisão foi expedido pela Segunda Vara do Tribunal do Júri de Curitiba.

A prisão foi cumprida pelo Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Conforme a justiça, Meneghel estaria descumprindo as regras do uso da tornozeleira eletrônica, ao circular em fora do perímetro e do horário permitido.

O ruralista é acusado de matar a tiros o policial federal Alexandre Drumond Barbosa, em abril de 2012. O crime ocorreu na saída de uma boate no Centro de Cascavel. O policial foi morto com tiros de calibre 12 e pistola 380.

Meneghel foi preso em flagrante. Ele ficou cerca de três anos na Penitenciária Estadual de Cascavel (PEC) e em julho do ano passado ganhou o direito a prisão domiciliar sob a alegação de que iria cuidar da mãe doente.

Em dezembro de 2015 o ruralista acabou preso por coagir testemunhas, mas conseguiu reverter a prisão e voltar à rua monitorado com a tornozeleira.

Nesta manhã, depois de ser detido, ele passou por exames no instituto de criminalística, na saída se defendeu, em poucas palavras com a imprensa.

O ruralista foi levado à PEC e vai ficar a disposição da justiça.

Colaboração: Cristiane Guimarães / André Garcia - Rede Massa