26°
Máx
19°
Min

Samu começa a trabalhar com estrutura nova e programa sistematizado

(Foto: Divulgação) - Samu começa a trabalhar com nova estrutura e sistema
(Foto: Divulgação)

Na tarde desta terça-feira (28), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) inaugurou a primeira etapa das obras que estão sendo realizadas no local, a Sala de Regulação Médica. Com este novo ambiente será possível aumentar o atendimento em até 30%.

Agora, a população passa a contar com três telefonistas, um rádio-operador e três médicos (triadores e intervencionistas). Junto com essa equipe, a mudança também veio na parte estrutural, com nova sala para trabalho e novos equipamentos, agora com tudo sistematizado.

Na Sala de Regulação é realizado o primeiro atendimento, acionadas as ambulâncias e encaminhadas para o local das ocorrências, se necessário. Todo este trabalho, 24 horas por dia. “É mais uma conquista no atendimento de urgência na região. Estamos mais equipados e estruturados para as ocorrências. É um ganho para os funcionários e para a população”, comenta o médico e coordenador do Samu, Delmar José Pimentel Junior.

Atualmente, o Samu tem 98 funcionários, sendo 24 médicos concursados e dez contratados por empresa terceirizada. “Tivermos recentemente a contratação de seis motoristas e nas próximas semanas realizaremos a contratação de mais nove telefonistas para trabalhar na estrutura inaugurada hoje”, comenta o coordenador. São quatro ambulâncias básicas para atendimentos, 2 ambulâncias para transporte sem urgência, uma ambulância alfa com a presença do médico intervencionista e um veículo de intervenção rápida acompanhada pelo médico intervencionista. A estrutura atual é acionada para 150 atendimentos presenciais e através do telefone diariamente.

A segunda etapa das obras será entregue ainda este ano, e contempla a reestruturação de salas existentes, ampliação e readequação do espaço. O investimento total é de R$ 280 mil.

Colaboração Assessoria de Imprensa.