24°
Máx
17°
Min

Sanepar leva esgoto para mais três mil famílias em Londrina

(foto: Sanepar/Divulgação) - Sanepar leva esgoto para mais três mil famílias
(foto: Sanepar/Divulgação)

A Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) está ampliando a rede coletora de esgoto no Jardim Quadra Norte, região Norte de Londrina. A obra integra o Expansar, programa feito com recursos próprios da Companhia para atender, com rede coletora, imóveis próximos à infraestrutura já existente do sistema de esgotamento sanitário. Além do Quadra Norte, mais nove bairros serão beneficiados com as obras até 2017, atendendo três mil famílias londrinenses.

“Estamos empenhados em universalizar o serviço que é essencial para a saúde da população e para a preservação do meio ambiente. Não paramos de investir em saneamento na cidade”, diz o gerente da Sanepar Sérgio Bahls. Ele lembra que, com o novo contrato assinado com a Prefeitura de Londrina, a Sanepar assumiu o compromisso de atender 99% da população com coleta e tratamento de esgoto, com metas progressivas, até 2029.

Atualmente, a Sanepar já atende a mais de 90% da população da cidade. Até o final deste ano, o cronograma do Expansar vai atender moradores dos jardins Quadra Norte, Laranjeiras, Bela Suíça e Versalhes I. Em 2017, o programa será executado no Continental, Jardim dos Pássaros, Abussafe, Columbia A e B e Parque Universidade I.

Ainda dentro do Expansar, a previsão é atender outros 40 bairros até 2021. Em alguns deles, a implantação da rede coletora depende de obras mais complexas. É o caso do Jardim Tocantins e do Residencial do Café que precisam aguardar a construção de um interceptor, que passará pelo lado esquerdo do Ribeirão Lindóia, para que o serviço seja disponibilizado. O interceptor é uma rede de grande porte, que leva o esgoto para a estação de tratamento. “Londrina é a segunda melhor cidade brasileira em saneamento, mas temos o desafio de avançar ainda mais”, comenta Bahls.

Planejamento

Nos próximos 30 anos, a Sanepar vai investir R$ 1,6 bilhão em obras de saneamento em Londrina. Para atender o aumento do volume de esgoto coletado, a Sanepar também está fazendo obras de ampliação nas estações de tratamento Sul e Norte. Nestas unidades, estão sendo investidos R$ 52 milhões. Além de ampliar a capacidade de tratamento, as obras também vão proporcionar melhora na qualidade do efluente final.

Já no sistema de abastecimento de água, ainda em setembro, deve ser iniciada obra de ampliação, que prevê a construção de três novos reservatórios de água. Neste empreendimento, estão sendo investidos R$ 14,6 milhões.

(com informações da Agência Estadual de Notícias)