22°
Máx
16°
Min

Sanepar melhora acesso à água tratada no Sudoeste

Em Coronel Vivida, foram construídos mais dois reservatórios que juntos armazenam 2 milhões de litros de água (Foto: Sanepar Coronel Vivida) - Sanepar melhora acesso à água tratada no Sudoeste
Em Coronel Vivida, foram construídos mais dois reservatórios que juntos armazenam 2 milhões de litros de água (Foto: Sanepar Coronel Vivida)

O diretor Administrativo da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Luciano Machado e os prefeitos de Coronel Vivida, Frank Schiavini, e de São Jorge do Oeste, Gilmar Paixão, inauguraram obras de ampliação dos sistemas de abastecimento de água nos dois municípios da região Sudoeste.

Em Coronel Vivida, as obras eliminam riscos de falta de água em períodos de estiagem pelos próximos 20 anos. O sistema recebeu recursos de R$ 4,5 milhões. O volume de água produzida na captação de água do Rio Jacutinga aumentou em 100%. Foram construídos mais dois reservatórios que juntos armazenam 2 milhões de litros de água. A rede de distribuição teve acréscimo de nove quilômetros na extensão. A ampliação do sistema beneficia mais de 21 mil pessoas.

O prefeito Schiavini ressaltou que a ampliação tem valor inestimável para a população. “Temos a garantia que não haverá racionamento de água no período de estiagem. Isto é um grande benefício para os moradores da cidade”, disse Schiavini.

A Sanepar também faz obras de ampliação do sistema de esgoto de Coronel Vivida - execução de 3.264 metros de interceptor no Bairro Barro Preto, 84 metros de linha de recalque, 150 metros de travessias e Estação de Tratamento de Esgoto com capacidade para tratar 25 litros por segundo. Os investimentos somam R$ 4,9 milhões e cerca de 40% das obras já foram concluídas.

São Jorge do Oeste

Mais 148 moradores da comunidade Linha Gaúcha terão acesso à água tratada. O empreendimento de R$ 195 mil faz parte do Programa de Saneamento Rural da Sanepar.

O prefeito Paixão citou os benefícios da obra. “Com este sistema e as parcerias que estamos finalizando o município terá 95% das comunidades rurais com água tratada e de qualidade”.

Para atender os moradores da Linha Gaúcha, foram instalados 11.256 metros de tubulação, poço, elevatória de água e um reservatório para dez mil litros de água. A estrutura abrange, hoje, 37 domicílios da área rural. A obra foi construída em parceria entre a Sanepar e a Prefeitura.

Colaboração Agência Estadual de Notícias.