24°
Máx
17°
Min

Saúde confirma 100 casos de dengue e o segundo positivo de Zika

Confirmação foi na manhã deste sábado durante um programa de rádio na cidade (Foto: Assessoria de imprensa) - Saúde confirma 100 casos de dengue e o segundo positivo de Zika
Confirmação foi na manhã deste sábado durante um programa de rádio na cidade (Foto: Assessoria de imprensa)

A Secretaria de Saúde divulgou nesta manhã (27), durante o ‘Programa Falando com o Prefeito’, o terceiro Informe Técnico de Dengue, Chikungunya e Zika Vírus do Município de Cascavel. 

O documento aponta 665 notificações de casos de dengue, sendo que desses, 100 tiveram confirmação positiva esta semana, 89 foram descartados e 509 casos suspeitos estão em análise.

“Salientamos que durante todo o ano de 2015 foram notificados 1.649 casos suspeitos de dengue e, desses, 275 foram positivos. Nos meses de janeiro e fevereiro, do ano de 2015, foram notificados 133 casos suspeitos e, desses, 25 positivos. Isso representa um aumento de 500% de casos suspeitos e 400% de casos positivos”, explica o secretário de Saúde, Reginaldo Andrade.

Febre Chikungunya

Quanto à Febre Chikungunya, o Informe aponta 26 casos suspeitos notificados, um descartado e 23 casos em andamento. Um caso teve resultado inconclusivo e um caso o paciente recusou coletar.

Zika Vírus tem mais um caso confirmado

Em relação ao Zika Vírus, são 41 casos suspeitos, quatro descartados e 36 casos em andamento. Do total de casos suspeitos notificados, quatro são gestantes.

Na quinta-feira (25) foi confirmado mais um caso positivo de Zika Vírus, no entanto, é referente ao ano de 2015. Trata-se de uma criança sem história de viagem, portanto, classificado como autóctone.

Com mais este caso positivo de Zika, a Secretaria de Saúde reforça a orientação à população para eliminar qualquer tipo de foco e criadouro do mosquito transmissor dessas três doenças.

Microcefalia

De acordo com Reginaldo Andrade, a principal preocupação em relação ao Zika Vírus é a possibilidade de infecção em gestante, ocasionando no bebê a microcefalia. Microcefalia é uma malformação congênita, permanente, em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada.

“O Zika Vírus pode ocasionar outros problemas neurológicos, como a Síndrome de Guillan Barrè, que é a paralisia dos membros, que necessita de tratamento e acompanhamento hospitalar e ambulatorial prolongados”, lembra o secretário.

Ações de combate

As atividades de orientação e de eliminação de focos e criadouros do mosquito, por meio das visitas domiciliares realizadas pelos Agentes Comunitários de Saúde e pelos Agentes de Combate a Endemias, serão mantidas.

Sintomas das doenças

  • Dengue – febre alta (acima de 38ºC) com duração de até sete dias, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos, dor em todo o corpo.
  • Febre Chikungunya - Febre alta de início rápido, dores intensas nas articulações dos pés e mãos, além de dedos, tornozelos e pulsos, podendo vir acompanhadas de edema, Podem ocorrer ainda dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele.
  • Zika Vírus - Cerca de 80% das pessoas infectadas pelo vírus Zika não desenvolvem manifestações clínicas. Os principais sintomas são dor de cabeça, febre baixa, dores leves nas articulações, manchas vermelhas na pele, coceira e vermelhidão nos olhos.

Cuidados

É importante reforçar que a pessoa que apresentar os sintomas, característicos de uma das três doenças, deve procurar atendimento no serviço de saúde mais próximo e realizar a coleta do exame dentro do prazo agendado pelo profissional.

Colaboração: Assessoria de imprensa