23°
Máx
12°
Min

Saúde intensifica monitoramento contra o Aedes aegypti

Grupos de trabalho organizam ações para evitar a proliferação do mosquito vetor das doenças (Foto: Divulgação / Prefeitura) - Saúde intensifica monitoramento contra o Aedes aegypti
Grupos de trabalho organizam ações para evitar a proliferação do mosquito vetor das doenças (Foto: Divulgação / Prefeitura)

A Secretaria de Saúde da Reserva do Iguaçu, no sudoeste do Paraná, está intensificando, a partir desta semana, o monitoramento de ocorrências do Aedes aegpti, vetor da dengue, chikungunya e zika vírus. A ação teve início na segunda-feira (15) e será desenvolvida em parceria com uma equipe de agentes entomológicos da Secretaria de Estado da Saúde. 

Serão desenvolvidas diferentes estratégias para medir as chances de infestação pelo Aedes aegypti em determinadas localidades do município. A equipe também fará vistorias nas casas e no comércio local, além de montar armadilhas em pontos estratégicos para capturar ovos do mosquito.

“Vamos ficar instalados durante a semana, realizando um intenso monitoramento. Também iremos acompanhar o trabalho que as agentes de endemias do município têm desenvolvido. Depois disso, continuaremos realizando o acompanhamento do município”, explicou o agente entomológico, Valdecir Pardini.

O Secretário de Saúde Luiz Zanon destacou a importância da parceria, que segundo ele veio de encontro com as ações já desenvolvidas pelo município e servirá para nortear os próximos trabalhos de prevenção e controle. “O objetivo final é contribuir para a qualidade de vida da população. A partir dos dados desse monitoramento poderemos verificar se existe a população do mosquito em determinadas localidades. Isso servirá para desenvolvermos novas ações, para melhorar ainda mais o trabalho de combate ao Aedes”, destaca o secretário.

Colaboração Assessoria de Imprensa.