20°
Máx
14°
Min

Saúde lança projeto que ajuda no combate à tuberculose

- Saúde lança projeto que ajuda no combate à tuberculose

Amanhã (24) é o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, e o Serviço de Assistência Especializada (SAE) resolveu inovar. Todo ano são feitas ações de panfletagem e orientação à população sobre a doença, mas em 2016 foi elaborada uma maneira diferente de fazer com que as informações cheguem até a população. Além da panfletagem, que acontecerá das 9h às 12h, no Terminal Central, o SAE elaborou um projeto chamado 'Tô Bem', que irá trabalhar com crianças do 1º ao 5º ano, de 5 a 10 anos de idade, nas escolas municipais.

Para realizar o 'Tô Bem', o SAE fez um georreferenciamento de todos os casos de tuberculose no município, separando por localidade e tendo a porcentagem de casos por região. De 2010 a 2016, Ponta Grossa registrou 443 casos de tuberculose na cidade. “Com isso foi possível perceber onde são as áreas com maior incidência, para poder priorizar as escolas e realizar um trabalho lúdico, com teatro, gincana durante todo o ano”, diz a enfermeira do SAE, Kelly Dursky.

De 2010 a 2016, Ponta Grossa registrou 443 casos de tuberculose - somente no ano passado, foram 74 diagnósticos

A ideia é iniciar o projeto piloto nas próximas semanas e estender durante todo o ano letivo. A intenção é que as crianças sejam transmissoras das informações e levem para casa. “A ideia é trabalhar com as escolas prioritárias, das 8 regiões com casos de tuberculose e depois expandir para outras regiões”, comenta Kelly. O projeto será estendido para asilos, que são instituições de longa permanência.

Sobre a doença

A tuberculose é transmitida de maneira direta – de pessoa para pessoa. Por isso, a aglomeração de pessoas é o principal fator de transmissão. Quando o infectado fala, espirra ou tosse, expele pequenas gotas de saliva que podem ser aspiradas por outras pessoas, o que gera a contaminação. Além disso, a falta de higiene, má alimentação, alcoolismo, tabagismo e outros fatores que reduzam a resistência do organismo favorecem a doença.

Tratamento

O paciente que estiver com tosse há mais de duas semanas, febre, suor e emagrecimento deve procurar sua unidade de saúde de referência, passar por uma avaliação e ser encaminhada para realizar exames. O encaminhamento também pode ser feito no SAE. O remédio de tuberculose é fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e deve ser retirado no SAE. A tuberculose tem cura, basta realizar corretamente os 6 meses de tratamento.

Colaboração Assessoria de Imprensa.