27°
Máx
13°
Min

Saúde registra mais duas mortes suspeitas por H1N1

(Foto: Divulgação) - Saúde registra mais duas mortes suspeitas por H1N1
(Foto: Divulgação)

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Ponta Grossa confirmou nesta segunda-feira (30) que o município registrou mais duas mortes suspeitas por H1N1. São duas mulheres de 63 e 66 anos, ambas já portadoras de doenças crônicas, que agravaram a situação da doença. Não há informações sobre quando e em que hospital ocorreram as mortes. A cidade agora registra seis casos de mortes por suspeita de H1N1 – um confirmado, um descartado e outros quatro em análise.

O último boletim recebido pela Secretaria Municipal de Saúde também aponta para oito novos casos da doença, todos registrados até o dia 10 de maio. Quatro pacientes precisaram ser hospitalizados e outros quatro receberam atendimento ambulatorial.

Daqueles que tiveram que ser internados, duas são do sexo feminino, de 16 e 58 anos, e outros dois homens de 46 e 49 anos. Os pacientes que foram atendidos e medicados, sem precisar de internamento, três são mulheres de 17, 23 e 43 anos, e um rapaz de 18 anos. Agora, o município registra 51 casos confirmados da gripe.

Dengue

Ponta Grossa agora tem 45 pessoas com dengue, entre casos adquiridos dentro e fora do município. Nesta segunda-feira, a assessoria da Prefeitura confirmou mais um caso de dengue autóctone. Uma mulher de 50 anos, moradora de Uvaranas, teve a doença confirmada pelo Laboratório Central do Estado. O bairro em que ela mora é o que apresenta o maior registro da doença: são 13 casos no total.

O segundo bairro com o maior número de casos confirmados é o Jardim Carvalho, com cinco pacientes. Os bairros de Nova Rússia, Cará-Cará, Contorno e um distrito da área rural tiveram um caso confirmado cada.