22°
Máx
16°
Min

Segundo assalto em 15 dias; desta vez, criança fica na mira dos suspeitos

Pânico e desespero. É assim que a gerente de um posto de combustíveis, localizado no bairro Capão da Imbuia, define a situação que passou no fim da tarde deste domingo (11). É a segunda vez, em menos de 15 dias, que o comércio é assaltado à mão armada. Desta vez, seu filho de nove anos estava no local, e também ficou na mira dos suspeitos.

As imagens da câmera de segurança mostram o momento em que dois homens entram na loja de conveniência do posto. Eles compram um energético e chicletes e pagam normalmente. Quando a gerente que estava no caixa pergunta se eles querem mais alguma coisa, os suspeitos anunciam o assalto. “Eles disseram que era um assalto e pediam para eu não gritar. Neste momento, meu filho, que estava comigo na loja, se assustou e tentou correr. Ele me ameaçou, dizendo que se o menino corresse ou gritasse ele ia atirar. Eu fiquei em pânico e abracei meu filho, implorando para que ele não fizesse nada com a gente”, conta.

A ação durou poucos minutos, e foram levados cerca de R$ 120. Os suspeitos fugiram em um carro preto, e ainda não foram encontrados. Um boletim de ocorrência foi registrado e a polícia investiga o crime.

Colaboração Daniela Borsuk