22°
Máx
14°
Min

Seis corpos passam pelo IML, entre as vítimas estão uma mulher e um caso de um latrocínio

Seis corpos deram entrada no Instituto Médico Legal (IML), entre a noite de sábado (12) e a madrugada deste domingo (13). Entre eles, uma vítima de um crime de latrocínio, registrado no Bairro Ganchinho. De acordo com informações da Polícia Militar, trata-se de um menor de idade, um rapaz de 17 anos. Segundo a polícia, a vítima estava com uma motocicleta na companhia de um primo na Rua Jornalista José Pedro dos Santos, quando indivíduos armados deram voz de assalto. Ainda segundo a polícia, os rapazes não teriam reagido e entregaram a moto, porém, na fuga, os suspeitos atiraram e acabaram matando o jovem.

Outra vítima veio do Bairro Portão, um homem, sem identificação até o momento. Ele foi ferido por disparos de fogo. Mais uma morte foi registrada no Bairro Campo do Santana. Trata-se de um homem, sem identificação.

Duas mortes foram registradas no Bairro Cajuru, em uma delas, um homem de aproximadamente 38 anos morreu em decorrência de ferimentos por arma branca, no caso, facadas. Ele tinha perfurações no abdome, na coluna cervical e no rosto. A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu na Unidade de Pronto Atendimento do Bairro. O segundo caso registrado no Cajuru, foi de um homem de aproximadamente 30 anos, ferido por disparos de arma de fogo na cabeça. Esta situação ocorreu na Rua José Demeterco.

O sexto corpo é de uma mulher, que também foi ferida por disparos de arma de fogo e morreu no Bairro Santa Cândida. De acordo com a polícia, o caso aconteceu na Rua Clara Nunes. Populares acionaram o Samu ao perceberem uma mulher caída na rua. Ao chegar ao local, o médico constatou que ela já estava morta, ferida por pelo menos quatro tiros.