26°
Máx
19°
Min

Movimento contra aumento da tarifa quer bloquear cinco pontos do Centro

Mais de mil passageiros tiveram passe livre, ontem, no tubo da Praça Carlos Gomes (Foto: Movimento 3,70 Nem Tenta/Divulgação) - Movimento contra aumento da tarifa quer bloquear cinco pontos do Centro
Mais de mil passageiros tiveram passe livre, ontem, no tubo da Praça Carlos Gomes (Foto: Movimento 3,70 Nem Tenta/Divulgação)

A Semana de Luta contra o Aumento da Tarifa realizado pelo Movimento 3,70 Nem Tenta, do Passe Livre Curitiba prevê uma grande manifestação, amanhã, com o fechamento de cinco principais pontos de muito movimento de trânsito, na capital. Desde segunda, a concentração tem sido feita na Boca Maldita, às 18 horas. O objetivo da campanha é discutir o aumento da tarifa de transporte público de Curitiba e RMC.

Ontem (16), a catraca do tubo da Praça Carlos Gomes foi travado por uma hora e meia, conforme o movimento. De acordo com o organizador, Felipe Barreto, foram 1,5 mil pessoas que deixaram de pagar a passagem das 18h30 às 20h. O Sindicato Empresas Transporte Urbano Metropolitano de Passageiros de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp) afirma que nesse período foram 700.

“Desde o início do ano, estamos na luta contra o aumento da tarifa. Já chegamos a R$ 3,70 e vamos chegar, no início do mês, a R$ 4,10. Quem sofre é o trabalhador e o estudante”.

Os locais previstos para terem o trânsito bloqueado na quinta-feira será a esquina com as avenidas Marechal Deodoro e Marechal Fonseca, Cândido de Abreu e ruas Mariano Torres e 13 de Maio. “Queremos causar impacto”.


Movimento contra o aumento da tarifa do transporte pretende fazer mesma ação em outros tubos até o fim da semana. (Vídeo: Movimento 3,70 Nem Tenta/Divulgação)