23°
Máx
12°
Min

Seminário ‘Desafios do Crescimento’ atrai 350 empresários

Programação da sexta edição incluiu palestras e um talk-show sobre tendências emergentes aplicadas aos negócios e inovação (Foto: Divulgação) - Seminário ‘Desafios do Crescimento’ atrai 350 empresários
Programação da sexta edição incluiu palestras e um talk-show sobre tendências emergentes aplicadas aos negócios e inovação (Foto: Divulgação)

O Seminário Desafios do Crescimento, com o tema “Tendências e Inovação”, realizado em Irati, reuniu cerca de 350 empresários de micro e pequenas empresas, no Espaço de Evento Italiano. O objetivo do evento era promover o debate entre os empresários para o aprimoramento da gestão com vistas ao desenvolvimento e expansão de negócios.

“Os empresários entenderam que é possível inovar independentemente do tamanho da empresa ou da cidade em que estão instalados. A dica é pensar global e agir localmente”, disse a consultora do Sebrae/PR, Aline Daiane Monteiro, ao destacar ainda que inovação não precisa ser necessariamente tecnológica, mas uma simples mudança de comportamento. “Os palestrantes mostraram exemplos que traduzem tendências viáveis e aplicáveis à realidade das pequenas empresas”, comentou.

A programação incluiu a consultora e jornalista Sabina Deweik, considerada referência mundial em pesquisa de tendências e consumo, com projetos em empresas como Havaianas, Natura, H.Stern, Samsung e Fiat. Em sua apresentação, Sabina falou sobre novos valores que emergirão no mundo dos negócios, como a sustentabilidade, compartilhamento, empatia, qualidade do tempo e do espaço, diversidade, entre outros.

Além dela, o evento também contou com a presença do empresário Otto Ferreira, da Foward Química, de Ponta Grossa. Ele expôs sua percepção sobre inovação e frisou que ela depende do engajamento do empresário e de toda a sua equipe. “Errávamos na forma de contratar nossa equipe. Começamos a alinhar a empresa e a enxergar os processos de outros ângulos”, disse.

Segundo Otto Ferreira, os projetos da empresa começaram a ser planejados e os objetivos definidos. “Fazemos parte de programas do Sebrae/PR, que nos permitem a abertura de muitos caminhos para a empresa. Acredito que é preciso que o empresário esteja preparado para dar certo e que a inovação parte das atitudes dos envolvidos”, expôs.

Também participou, via vídeo, o publicitário, professor de Gestão da Inovação e Gestão de Marketing nos cursos de MBA da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e líder de marketing na 3M do Brasil, Luiz Eduardo Serafim. Sua palestra teve como foco a inovação, traduzida na prática para as pequenas empresas.

Parceria

O presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Irati (ACIAI), Oscar Muchau, frisou a importância do Sebrae/PR para o município em função da instalação, em 2014, do Ponto de Atendimento ao Empreendedor, junto à sede da entidade. Segundo ele, somente em 2015 foram realizados por meio do Ponto de Atendimento cerca de 80 eventos, entre palestras, cursos e reuniões, com a participação de 3,5 mil empresários.

O gerente regional do Sebrae/PR em Ponta Grossa, Joel Franzim Junior, aproveitou a ocasião para falar a respeito da nova subdivisão territorial da regional Centro do Sebrae/PR, com sede em Ponta Grossa. De acordo com ele, a partir de 2017 o Sebrae/PR vai atuar com a criação de um quarto território, que inclui 10 municípios da região, como Prudentópolis, Mallet, Irati, entre outros. “Teremos um olhar ainda mais refinado para Irati e cidades do entorno, com ações mais focadas nas necessidades dos empresários destas localidades”, assegurou.

Colaboração Assessoria de Imprensa.