Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sercomtel diz que não adotará franquia na banda larga fixa

(foto: Pixabay) - Operadora diz que não adotará franquia na banda larga fixa
(foto: Pixabay)

A Sercomtel, operadora de telefonia de Londrina que atua em várias regiões do Paraná, afirmou na tarde desta sexta-feira (13) que não irá adotar o modelo de franquia de dados na banda larga fixa, que impõe limite no uso de dados aos usuários.

O assunto voltou à tona depois que o ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, garantiu a regulamentação da venda de pacote de dados e o fim da internet ilimitada na banda larga fixa para o segundo semestre de 2017. Em entrevista, o ministro declarou que o objetivo é “beneficiar o usuário com melhores serviços”.

Já a Sercomtel afirma que a decisão de não criar um limite para uso de dados na banda larga é um dever enquanto empresa pública. “Devido a uma estratégia comercial, a Sercomtel não adotará o modelo de franquia de dados na banda larga fixa, que vem sendo discutido novamente em 2017 e impõe o limite no uso de dados aos usuários. Como uma empresa pública, ela cumpre o seu papel social e assume este compromisso com seus clientes em todo o Paraná”.