22°
Máx
17°
Min

Sercomtel fica acima da média nacional em crescimento na banda larga

(foto: Pixabay) - Sercomtel fica acima da média nacional em crescimento na banda larga
(foto: Pixabay)

A performance da Sercomtel no acréscimo de acessos da banda larga fixa entre maio 2015 e maio de 2016 foi além da média geral das operadoras, segundo pesquisa da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) que fez levantamentode dados junto a todas as empresas do setor.

Em maio de 2015, a Sercomtel registrava 151.964 acessos e, em maio de 2016, aumentou para 162.035, um acréscimo de 10.071 acessos, não apresentando pontuações negativas em todo o período analisado.

A variação nos 12 meses foi positiva chegando a 6,63%, o que representa um desempenho além da média geral das operadoras calculada em 4,68% pela Anatel.

Segundo a pesquisa, a Banda Larga fixa geral manteve crescimento e superou os 26 milhões de acessos em todo país neste período, com a adesão de mais de 1,164 milhão de novos pontos.

No início deste ano, a Anatel também divulgou pesquisa sobre satisfação e qualidade percebida pelos consumidores dos serviços de banda larga fixa durante 2015. Foram avaliadas 10 operadoras e a Sercomtel recebeu nota 7,56 , sendo a primeira colocada no Estado do Paraná.

Segundo o diretor Comercial da Sercomtel, Nilso Paulo da Silva, a boa performance da companhia se deve principalmente aos investimentos realizados na rede, nos últimos anos, que resultaram na melhoria dos serviços. “O cliente passou a perceber este ganho na infraestrutura da operadora e hoje a Banda Larga Fixa da Sercomtel é sinônimo de qualidade. Os usuários estão buscando, cada vez mais, a conectividade e o serviço de Banda Larga da Sercomtel tem reagido positivamente a esta necessidade”, afirmou.

Tecnologia 

Hoje a Sercomtel esta modernizando sua rede para fibra óptica e oferece serviços para internet fixa com velocidade de até 200 Mbps. A operadora investe também na internet móvel com previsão de lançamento de novo produto no mercado. “ Em breve, vamos apresentar esta novidade que promete revolucionar no quesito capacidade de acesso”, complementou Nilso Paulo da Silva.

(com assessoria de imprensa)