22°
Máx
14°
Min

Seripa vem a Londrina investigar acidente aéreo com seis mortos

(foto: Seripa/Divulgação) - Seripa vem a Londrina investigar acidente aéreo com seis mortos
(foto: Seripa/Divulgação)

A Comissão Investigadora do Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA V), coordenada pelo Tenente-Coronel Aviador Max Adolfo Nardes, esteve em Londrina para tratar da investigação do acidente com a aeronave Air Tractor AT 401, matrícula PT-WFX, da empresa Viagro Agro Agrícola, que vitimou seis pessoas, no dia 20 de janeiro desse ano.

O grupo de trabalho é formado por dois investigadores do SERIPA V; um engenheiro do DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial); um médico e três psicólogas, sendo duas do CINDACTA II (Segundo Centro integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo), e uma do SERIPA IV (SP).

Segundo o coordenador, o trabalho da Comissão é exclusivamente dedicado à prevenção de acidentes aeronáuticos.

 “Não estamos atrás de culpados. Queremos saber quais os fatores contribuintes, que direta ou indiretamente, influenciaram no acidente. A descoberta de falhas ou erros são ensinamentos que podem evitar outras ocorrências de mesma natureza no futuro. Para buscar o resultado, nossa equipe possui experiência e está focada”, afirma o Tenente-Coronel Nardes.

Para construir o cenário investigativo, a comissão entrevistou o piloto, diretores da empresa, chefe de manutenção e o gerente de segurança operacional da empresa. Foram verificados os exames laboratoriais e os registros do prontuário médico, do Hospital Universitário de Londrina, que prestou atendimento logo após o acidente. Também foi realizada a abertura, a análise e o teste do motor, bem como o exame da documentação técnica da aeronave e os procedimentos operacionais.

Quanto à conclusão do relatório final, a investigação SIPAER não trabalha com prazos definidos. O processo investigatório depende da complexidade do acidente. Porém, qualquer não conformidade é notificada imediatamente como recomendação de segurança expressa aos órgãos responsáveis para a correção de procedimentos.

O acidente ocorreu próximo ao aeroporto 14 Bis, logo após a decolagem da aeronave, que apresentou suspeita de falha de motor, perdeu sustentação, não conseguindo retornar a pista, tendo colidido com uma veículo que trafegava na rodovia Carlos João Strass.

(com informações do Seripa)