21°
Máx
17°
Min

Servidor da prefeitura de São Tomé é invadido por hackers

Técnicos tentam resgatar o funcionamento do servidor (Foto: Reprodução) - Servidor da prefeitura é invadido por hackers
Técnicos tentam resgatar o funcionamento do servidor (Foto: Reprodução)

Os funcionários da prefeitura de São Tomé (a 18 quilômetros de Cianorte) foram surpreendidos ao chegarem para trabalhar na manhã de quarta-feira (6) e não conseguirem acessar o servidor utilizado pelo município. O sistema foi invadido e os dados bloqueados.

De acordo com o contador da prefeitura, Marcos Matos, todos os dados do sistema de contabilidade e do Portal da Transparência foram criptografados, ou seja, foram colocadas senhas que impossibilitam o acesso aos arquivos. Os hackers deixaram um e-mail para contato e geralmente pedem dinheiro em troca das informações roubadas.

No entanto, o contato não foi necessário, já que todos os dados estavam salvos em outro dispositivo. “Tivemos a sorte de estar com o backup em dia, por isso, não tivemos danos maiores”, declarou o contador.

Técnicos trabalham para restabelecer o servidor, mas até o fim da manhã desta quinta-feira (8), ele permanecia fora do ar, prejudicando o serviço dos servidores.

Invasões

Nos últimos dois meses, mais dois servidores municipais foram alvos de hackers. Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Peabiru (a 15 quilômetros de Campo Mourão), após o principal servidor utilizado pela prefeitura ser invadido no dia 20 de maio.

Em Araruna (a 28 quilômetros de Campo Mourão), o servidor da Câmara Municipal também foi invadido. Todos os dados das folhas de pagamento, tesouraria e orçamentos se perderam.