22°
Máx
17°
Min

Servidora que desviou recursos da Acesf tem bens bloqueados

(foto: N.Com/Divulgação) - Servidora que desviou recursos da Acesf tem bens bloqueados
(foto: N.Com/Divulgação)

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Londrina, Marcos José Vieira, determinou, em liminar, o bloqueio dos bens de Fabiana Contim Ferreira, servidora demitida da Administracao de Cemiterio e Servicos Funerarios de Londrina (Acesf). O Ministério Público pede que ela devolva R$ 73,9 mil aos cofres públicos, valor corresponde ao dobro do que  teria desviado do órgão entre março e setembro de 2015.

Segundo apurado em procedimento administrativo disciplinar por parte da corregedoria do município e em inquérito instaurado pelo Ministério Público, Fabiana ficava com o pagamento de guias de recolhimento emitida em serviços do órgão e não dava baixa no sistema financeiro.

A servidora realizava o atendimento e, após identificar o serviço buscado pelo usuário, informava o valor e a forma de pagamento. Depois de emitir a guia em três vias, recebia o dinheiro e vistava os recibos.

Depois de fornecer a primeira via ao usuário, Fabiana extraviava a via que deveria ser encaminhada à contabilidade para não deixar rastros da irregularidade. Os desvios chegaram a R$ 36.977,76. Ao ter um desvio descoberto, a servidora se prontificou a ressarcir o valor do requerimento, assumindo, no entendimento do juiz, a responsabilidade pelo desvio.

Fabiana Contim Ferreira era concursada pela prefeitura, ocupando o cargo de agente de gestão pública, cargo do qual foi demitida em 3 de agosto.