22°
Máx
16°
Min

Servidores da UFPR fazem mais uma paralisação de 24h nesta quinta (10)

(Foto: Sinditest-PR) - Servidores da UFPR fazem mais uma paralisação de 24h nesta quinta (10)
(Foto: Sinditest-PR)

Os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) realizam, nesta quinta-feira (10), mais uma paralisação de 24 horas. A categoria reivindica jornada de 30 horas semanais e é contra a implantação do ponto eletrônico. Os trabalhadores se reúnem a partir das 7h no pátio da Reitoria, no centro de Curitiba. O atendimento à comunidade deve ser afetado, incluindo o Hospital de Clínicas.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior no estado do Paraná (Sinditest-PR), para a mesma data está programada uma sessão no Conselho Universitário da UFPR para debater os dois assuntos. A categoria argumenta que o ponto eletrônico foi instituído sem consulta ou debate com os trabalhadores.

Os servidores realizaram uma paralisação similar no dia 1º de março, quando aprovaram uma nova mobilização para esta quinta-feira. Neste período, os trabalhadores foram orientados a não bater o ponto eletrônico. Isto não aconteceu apenas no Hospital de Clínicas, onde não há outra forma de controle de presença, segundo o Sinditest-PR.

O sindicato ressalta que uma assembleia da categoria também será realizada nesta quinta-feira. Dependendo dos debates no Conselho Universitário, os servidores técnico-administrativos da UFPR podem aprovar um indicativo de greve, por tempo indeterminado, a partir de 14 de março.