21°
Máx
17°
Min

Sindicato critica contratação de 1,2 mil agentes de cadeia: “tapar o sol com a peneira”

(foto: Divulgação) - Sindicato critica contratação de 1,2 mil agentes de cadeia: “tapar o sol com a peneira”
(foto: Divulgação)

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (SINDARSPEN) demonstrou preocupação com o edital publicado nesta segunda-feira pela Secretaria de Segurança Pública (SESP) para contratação, por meio de processo seletivo, de 1,2 mil agentes de cadeia no estado.

Na opinião do órgão, “é mais uma clara manifestação de que o Governo insiste em tapar o sol com a peneira ao lidar com a gravidade da falta de efetivo nas unidades prisionais do Paraná”.

De acordo com o sindicato, o edital prevê atribuições profissionais dos chamados agentes  de cadeia similares às designadas aos agentes penitenciários.

"A publicação de um edital para contratar “agente de cadeia” por PSS com as mesmas atribuições do agente penitenciário, carreira para a qual há concursados aprovados para serem chamados, é uma afronta à categoria e à toda a sociedade que não aguenta mais ser penalizada com a elevação dos índices de violência, dentro e fora das unidades penais”, diz nota do sindicato.


 O Sindarspen aponta um déficit de 1,6 mil agentes penitenciários, sendo que há 1,2 mil aprovados em um concurso que venceu em 2015 e foi prorrogado até 5 de julho de 2017.