21°
Máx
17°
Min

Sindicato e Prefeitura se reúnem para tentar acabar com a greve

Servidores fizeram caminhada nesta manhã (Foto: Divulgação/Sinsep) - Reunião pode acabar com greve da educação infantil em SJP
Servidores fizeram caminhada nesta manhã (Foto: Divulgação/Sinsep)

Uma comissão dos servidores públicos da educação infantil de São José dos Pinhais se reúne neste momento com a administração municipal para tentarem chegar a um acordo que possa por fim a greve deflagrada pela categoria na segunda-feira (15).

De acordo com o representante do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José dos Pinais (Sinsep), contrariando a informação da assessoria de comunicação da Prefeitura, que divulgou que mesmo com a greve os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) estavam em funcionamento, pelo menos 14% das unidades estão fechadas desde o início da mobilização. 

“Tem unidades fechadas sim, a adesão à greve não é 100%, mas é grande”, afirmou.

A motivação para a paralisação, segundo o Sindicato, não é salarial, e sim de valorização da categoria. Nesta manhã (16), os servidores em greve fizeram uma caminhada pelo centro da cidade e um ato em frente à Câmara de Vereadores. Neste ano, segundo o Sindicato, participaram mais de 300 pessoas.

Conforme a assessoria da prefeitura, existem no município 42 Cmeis e cerca de 1,2 mil servidores. Ao todo, mais de 8 mil crianças são atendidas nas unidades. Para a prefeitura, a adesão à greve foi de aproximadamente 150 pessoas.

A assessoria confirmou que realiza reunião com o Sindicato dos servidores e destacou que “vem negociando com o Sindicato desde 2013 e que dentro da legislação, o que pode ser concedido, tem sido atendido”.

Colaboração Sinsep e Assessoria de Comunicação Prefeitura de São José dos Pinhais