22°
Máx
14°
Min

Soldado que participou de ensaio sensual é condenada a oito dias de prisão pelo Corpo de Bombeiros

(Foto: Reprodução/Facebook) - Bombeira que participou de ensaio sensual é condenada à prisão
(Foto: Reprodução/Facebook)

A soldado Lilian Vilas Boas, que ficou conhecida por participar de um ensaio sensual em fevereiro deste ano, foi condenada pelo comando do 7º Grupamento do Corpo de Bombeiros a oito dias de prisão. A pena ainda não foi aplicada, pois cabe recurso da decisão.

O caso ganhou repercussão depois que as fotos tiradas pelo fotógrafo Arnaldo Belotto, em um ensaio que tinha como objetivo enaltecer o empoderamento feminino, foram publicadas nas redes sociais. Em uma das imagens, a soldado aparece com os seios à mostra.

De acordo com a decisão, a soldado foi punida por “expor a intimidade e privacidade de seu corpo”. A transgressão foi considerada média e por isso ela recebeu a pena de 8 dias na prisão da corporação.

Em nota, a Polícia Militar, responsável pelo Corpo de Bombeiros, informou que se o recurso for aplicado, a corporação fará “a reavaliação sob todas as óticas, seja dos fundamentos da punição ou em relação às suas circunstâncias e dosimetria da pena.”

Ainda afirmou que tanto o Comando do Corpo de Bombeiros quanto o Comando Geral da Polícia Militar “não podem emitir juízo de valor prévio, pois em algum momento podem ser provocados em grau de recurso.”