23°
Máx
12°
Min

Solicitação online de certidões de registro civil cresce 44% no 1º semestre

A demanda online por 2ª via de certidões, nos cartórios de registro civil do Paraná, tem aumentado anualmente. Só em 2016, 4.030 documentos foram emitidos após solicitação pela central e-certidões, o número do primeiro semestre de 2016 já é 44% maior que o total de solicitações em 2015, quando 2.798 certidões foram requeridas pelo site. Os números são do Instituto do Registro Civil das Pessoas Naturais do Estado do Paraná (Irpen), responsável pelo portal e instituto membro da Associação dos Notários e Registradores do Estado do Paraná (Anoreg-PR).

Segundo o presidente do Irpen e diretor da Anoreg-PR, Arion Cavalheiro, a procura tem aumentado não só por moradores do estado, mas também por residentes de outras regiões. “Isso acontece porque, atualmente, muitas pessoas vivem em cidades distintas de onde se encontram os seus documentos originários. Anteriormente era necessário ligar para o respectivo cartório, realizar depósito para então receber o documento. Hoje, tudo é realizado de forma online, sem sair de casa”, explica.

O portal e-certidões foi criado com base no Provimento nº 239/2013 da Corregedoria Geral de Justiça do estado (CGJ/PR) e integra os 537 cartórios de registro civil do Paraná. O site oferece o serviço de emissão de segundas vias de certidões de nascimento, casamento e óbito cujos registros pertençam ao acervo dos Cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais do Paraná. O objetivo é de “facilitar, agilizar e antecipar o tempo do cidadão que busca os serviços, além de melhorar a comunicação e aprimorar o atendimento oferecido pelas serventias”, conta Cavalheiro.

Para requerer uma certidão de nascimento, por exemplo, basta informar alguns dados como nome completo, nome da mãe e data de nascimento. Em seguida, a solicitação é enviada ao cartório que possui os registros do documento sem a necessidade de deslocar-se até ele. Após a compensação do pagamento, que pode ser em boleto ou cartão, em um prazo de até cinco dias a certidão é enviada ao destino indicado pelo usuário.

Arion Cavalheiro ainda explica que a central e-certidões conta com um suporte técnico para auxiliar o cidadão que estiver com problemas ou dificuldades na realização dos procedimentos. “No próprio site é possível encontrar o serviço de atendimento online ao usuário para esclarecer todas as dúvidas referentes à solicitação da segunda via dos documentos. Caso a pessoa prefira, ela também pode entrar em contato por telefone”, finaliza o diretor.

Colaboração Assessoria de Imprensa