28°
Máx
17°
Min

Suposta briga por posse de terra termina em morte

(Foto: Solange Maciel / PP News FB / Diário da Informação) - Suposta briga por posse de terra termina em morte
(Foto: Solange Maciel / PP News FB / Diário da Informação)

Um homicídio foi registrado na tarde desta sexta-feira (6) em uma propriedade rural às margens da rodovia PR-180, na comunidade de Linha Esperança, em Renascença, a 15 quilômetros de Francisco Beltrão. André Ferron, 27 anos, foi morto com um tiro de escopeta calibre 12 no tórax. O autor fugiu do local antes da chegada a Polícia Militar, mas já foi identificado.

O motivo teria sido um desentendimento sobre a venda da propriedade rural, uma área de cinco alqueires, que seria herança de família de oito irmãos, e um deles teria vendido a terra há cerca de dois meses para o suspeito do homicídio. Os outros irmãos brigavam na Justiça para reaver a propriedade, e inclusive já estavam com um pedido de reintegração de posse ajuizada no Fórum da Comarca de Marmeleiro.

Na tarde desta sexta-feira, a vítima e seu tio foram até o local porque sabiam que o comprador estava no local retirando pinheiros. Eles propuseram ao comprador para desfazer o negócio e, depois de discutirem, o ‘novo dono’ do local pegou a arma e atirou contra o rapaz. Ele ainda tentou acertar o tio da vítima, que conseguiu fugir.

Policiais militares de Renascença e Marmeleiro fizeram buscas, mas não localizaram o suspeito. Após perícia da Criminalística o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Francisco Beltrão.

Colaboração PP News FB.