20°
Máx
14°
Min

Suspeita de agressão à criança de um ano e meio mobiliza Guarda Municipal e Conselho Tutelar

(Foto: Arquivo AEN) - Suspeita de agressão à criança mobiliza GM e Conselho Tutelar
(Foto: Arquivo AEN)

O Conselho Tutelar de Colombo acompanha um caso de suspeita de agressão a uma criança de um ano e meio na noite desta segunda-feira (20). A suspeita foi indicada pela equipe médica do Pronto Atendimento do Alto Maracanã.

O padrasto e a mãe levaram a criança para o PA do Maracanã e alegaram que a criança caiu do berço. Na unidade hospitalar foram constatadas lesões graves na cabeça e no tórax. Diante dos ferimentos, a criança foi encaminhada ao Hospital Evangélico, em Curitiba.

A conselheira Marina Guimarães, que atendeu o caso, contou que a criança passou por uma cirurgia. No entanto, não há mais informações sobre o estado de saúde da criança. “A prioridade nossa hoje é o estado de saúde desta criança”, salientou.

De acordo com ela, a partir da suspeita, a Guarda Municipal foi acionada para dar apoio e levar o padrasto à Delegacia do Alto Maracanã, onde prestou depoimento. O guarda municipal Moraes, que fez o acompanhamento do caso, confirmou que o homem foi encaminhado para a delegacia. A conselheira também foi ouvida no local. Foi expedida uma guia ao Instituto Médico Legal (IML) para exames. 

O irmão desta criança, de seis anos, foi encaminhado ontem para um abrigo temporário. Segundo Marina, a medida foi necessária porque o padrasto e a mãe levaram esta criança ao PA do Alto Maracanã. Como o homem foi encaminhado para a delegacia e a mulher acompanhou a criança ferida ao Hospital Evangélico, o menino de seis anos ficaria sozinho. O Conselho Tutelar também continua com este acompanhamento. Marina informou que não houve qualquer denúncia anterior relacionada à esta família. 

Atualização

A Polícia Civil, por meio de assessoria de imprensa, informou que os responsáveis pela criança foram ouvidos ainda na noite desta segunda-feira na delegacia e posteriormente liberados. Eles afirmaram que o menino de um ano e meio de idade caiu do berço. Um inquérito policial deve ser aberto para investigar os fatos. A polícia também vai aguardar os resultados dos laudos, que vão detalhar os ferimentos da criança.