24°
Máx
17°
Min

Suspeita de aplicar golpes pelo país é presa em Pinhais

(Foto: Polícia Civil) - Suspeita de aplicar golpes pelo país é presa em Pinhais
(Foto: Polícia Civil)

Uma mulher suspeita de aplicar um golpe de aproximadamente R$ 10 mil na sogra foi presa em Pinhais. Ela tinha um mandado em aberto por estelionato, expedido pela Justiça de Pernambuco, e é acusada de aplicar diversos golpes pelo país.

Jaty do Rêgo Barros Muniz se apresentava às suas vítimas como assessora de imprensa de uma dupla sertaneja do Nordeste. De acordo com a Polícia Civil, ela agia vendendo equipamentos para a realização dos eventos, como ingressos e pacotes turísticos, que nunca eram entregues.

 A denúncia à polícia paranaense foi feita pela sogra da suspeita. Jaty realizou empréstimos em nome da mãe do homem com quem se relacionava há cerca de três meses, dizendo que pagaria depois, o que não aconteceu. Após a denúncia, a polícia passou a investigar a mulher, descobriu seu envolvimento com estelionato em outros estados e o mandado de prisão em aberto em Pernambuco.

 O delegado-titular da unidade, Haroldo Luiz Vergueiro Davison, conta que a mulher nega seu envolvimento em todos os crimes. “Ela apresenta uma característica comum de muitos estelionatários, além de ser articulada e convincente, conseguindo persuadir muitas pessoas”. 

Jaty foi condenada a 10 anos de prisão em regime fechado, e aguarda transferência da Delegacia de Pinhais para o sistema prisional.

Colaboração Louise Fiala e Polícia Civil