23°
Máx
12°
Min

Suspeito confessa homicídio e diz que ‘sabotagem’ em redes de pesca motivou crime

Espingarda usada no crime foi apreendida na casa do suspeito, que confessou o crime (Foto: Repórter TB) - Polícia Civil esclarece morte de homem achado dentro de rio
Espingarda usada no crime foi apreendida na casa do suspeito, que confessou o crime (Foto: Repórter TB)

A Polícia Civil de Telêmaco Borba (135 quilômetros de Ponta Grossa) elucidou o homicídio de Arildo de Jesus Dias Junior, de 20 anos, ocorrido no dia 10 de agosto, no bairro São Luiz, na localidade conhecida como Prainha, no rio Tibagi. O corpo da vítima foi encontrado embaixo de um bote dentro do rio com um ferimento por arma de fogo no peito.

Conforme a maneira que o corpo foi encontrado, os investigadores deduziram que a vítima poderia estar pescando e o autor do disparo estaria na margem do rio. Os investigadores foram até uma chácara nas proximidades e apreenderam nos fundos da residência uma espingarda calibre 32 com as mesmas características daquela utilizada no crime.

Kleber Bernattovez Dionizio, de 29 anos, foi encaminhado à delegacia e, durante o seu interrogatório, acabou confessando o crime. A motivação do crime segundo ele, seria porque a vítima, por diversas vezes, mexeu nas redes que ele armava no rio para pescar. Segundo o autor, quando ia falar com Arildo, era maltratado e ameaçado.

No dia do crime, após nova discussão, Kleber foi para casa, pegou a espingarda e retornou ao rio. Ele deu um tiro em direção à vítima, que estava dentro do bote, a cerca de 15 metros da margem. A polícia agora deve concluir o inquérito e pedir a prisão do suspeito.

Colaboração Repórter TB.