27°
Máx
13°
Min

Suspeito de decapitação é preso pela Polícia Civil

Sérgio Mariano de Oliveira foi apresentado pela Polícia Civil em coletiva na tarde desta sexta-feira (Foto: Evandro Artuzzi / Rede Massa) - Suspeito de decapitação é preso pela Polícia Civil
Sérgio Mariano de Oliveira foi apresentado pela Polícia Civil em coletiva na tarde desta sexta-feira (Foto: Evandro Artuzzi / Rede Massa)

A Polícia Civil de Francisco Beltrão anunciou na tarde desta sexta-feira (26) a prisão do principal suspeito do homicídio brutal ocorrido na cidade na manhã desta quinta-feira (25). Sérgio Mariano de Oliveira foi apontado pelas autoridades como o responsável pelo assassinato e decapitação de Flávio Alberto Paes, de 40 anos. O crime aconteceu no bairro Novo Mundo.

O corpo de Flávio foi encontrado em sua casa, mas a cabeça foi deixada em outra residência, cerca de 50 metros do local do crime. Em entrevista coletiva, o delegado Marcos Pestana disse que o suspeito confessou o homicídio. “Desde o princípio já tínhamos o nome do suspeito, ele já tinha mandado de prisão por outro homicídio”, revela a autoridade policial. Ele prestou depoimento à Polícia Civil e disse que a motivação seria passional.

“Foi uma confusão envolvendo a mulher dele, a vítima teria mexido com ela há um mês e ontem pela manhã ele cometeu o crime. Ele alegou que havia bebido bastante, confessou que usou um facão para ceifar a vítima, mas disse que não se recorda. Disse apenas que tirou a cabeça e jogou no meio da rua”, detalha o delegado.

A arma usada no crime ainda não foi encontrada pelas autoridades. O suspeito atirou o facão em um matagal, mas existe apenas o chinelo dele foi encontrado. “Houve um grande apoio da PM com informações de rua e tudo contribuiu para o resultado favorável. Em pouco mais de 24 horas, conseguimos dar a resposta para esse crime bárbaro”, completa.